dimanche, octobre 28, 2007

Patinando

Olá pessoal,

Hoje pegamos o domingo para patinar no gelo. Foi bem bacana, chagamos lá por volta de 11:30 e só saímos as 4 da tarde. Fomos eu, a Pat, o Lúcio e a Júlia.

Para quem ainda nao tentou e gostaria de fazê-lo, pode ir ao Atrium 1000 que fica na estaçao Bonventure. Quando sair do metro procure por indicaçao para o Atrium. Me parece que é o único lugar em Montreal que fica aberto durante todo o ano.

Mas com o frio que está fazendo, acredito que daqui a pouco haverao muitos outros lugares em céu aberto que poderemos praticar nossa patinaçao. Amanha de manha o termômetro já vai marcar -4...

Seguem algumas fotos,

Abraçao,
Rafael


samedi, octobre 27, 2007

Climat 2050


Nesta semana participei de um congresso super interessante, que teve como título "Climat 2050". Foi um congresso sobre mudanças climáticas que falou um pouco sobre os desafios e o que os países devem fazer para conter o fenômeno do aquecimento global.

Foi muito bom participar porque pude conhecer um pouco sobre a visao Canadense sobre mudanças climáticas e sobre o mercado de créditos de carbono. Fui com o Benoit e com o Philippe que trabalham também nesta área.

Tiveram palestrantes de vários países do mundo e me parece que teve também uma brasileira, porém nao a vi porque estava participando em um outro painel.
Para o que se interessam em saber mais sobre o assunto, segue o site do congresso: http://www.climat2050.org/

Abraços,
Rafael

mercredi, octobre 24, 2007

Mais uma atleticana na família

Pat

Esta semana recebemos um ótima notícia: vamos ter uma sobrinha fofa! Pois é... é menina!!! O Felipe (irmao do Rafa) e a Bianca vao ter uma menina linda em fevereiro de 2008. Ficamos muito felizes! Fico imaginando aquele guarda-roupa cheio de vestidinhos... que delícia!
Cada vez mais aumenta a nossa família... agora temos 3 sobrinhos! Meu coraçao aperta de nao estar perto deles e fico torcendo pra eles crescerem logo pra poderem vir passar as férias por aqui.... imagina que diversao!

Rafa

O que eu quero saber é se ela já tem o uniforme do Galo!! O do Canadiens pode deixar que eu levo daqui....
Espero que Deus tenha misericórdia da pequenina e puxe a mãe, porque se puxar o pai... Já basta um feio na família.

Desejamos muita bencao de Deus pra nossa nova sobrinha e que Ele a guarde em amor e graça todos os dias.

Parabéns Felipe e Bianca!

Beijos
Pat e Rafa

lundi, octobre 22, 2007

Estudando no Canada, minha experiência


Faz mais ou menos 1 mês que comecei a estudar na Université de Montréal e gostaria de expor aqui minhas experiências. Estou fazendo 4 matérias do mestrado e mais 1 matéria de francês. Algumas coisas aqui são um pouco diferentes:

1- É realmente necessário estudar bastante fora dos horários de aula. Isto parece obvio, mas o que eu quero dizer é que existe um conteudo da materia que nao é citado em sala mas que é dado pelos professores através de textos e exercícios. Se você tiver alguma duvida vc o procura, mas é considerado como materia dada. E é muita atividade mesmo, em média uns 4 artigos cientificos ou capitulos de livro por matéria. Na última aula, meu querido prof nos deu 10 artigos pra ler...

2- É preciso considerar ainda a fluência da língua na hora de compreender bem a matéria. Uma coisa é vc falar no dia a dia, outra é vc escrever e opinar sobre assuntos científicos. No meu caso, a maioria dos artigos e capítulos de livros são em inglês. Na área de saúde é assim e acredito que em outras áreas também muito do material escrito é em inglês. Pois é, ler em inglês e discutir o texto em francês não é uma tarefa muito fácil. Neste começo estou meio observadora, não fico emitindo muito a minha opinião por aí... não é tão fácil explicar ou expor seus pensamentos em meio a uma rápida discussão de classe.

3- Os professores são excelentes. Possuem uma vasta experiência, todos pós doutorados, com vários artigos publicados. Porém são super gentis e humildes o que deixa os alunos tranquilos para fazer perguntas e emitir suas opinioes durante as aulas.

Estou achando muito bom estudar. Tenho crescido muito e me aprofundado mais na minha área. Varias das minhas colegas já trabalham como nutricionista, pois faço um curso de segundo ciclo, e elas me dão muitas informações valiosas. É um desafio, mas era isso mesmo que eu buscava.
Pra quem pensa em estudar, sugiro que se dediquem muito ao francês e ao inglês e não tenham medo, encarem mesmo! se a gente fica só pensando que é difícil, que não está preparado, etc a gente não chega em lugar nenhum. O ideal é se preparar ao máximo e entrar com a cara e a coragem (aprendi isto com meu querido marido...).

Outra coisa que sugiro é fazer uma boa pesquisa sobre o que quer fazer. É importante saber se o curso que você quer fazer vai realmente te levar aonde vc quer ir....
Acredito também que o estudo é umas das melhores, senao a melhor, maneira de se integrar na sociedade e conseguir um bom emprego. Muitas vezes, as empresas vao às universidades recrutarem os alunos. Para algumas profissoes, faltam alunos no mercado de trabalho. Aqui conta muito se você tem um diploma de uma universidade local. Por isso, acredito que valha a pena se dedicar uns anos ao estudo.

É isto aí!

Abraços,
Pat

vendredi, octobre 19, 2007

Tropa de Elite

O filme "Tropa de Elite" deveria ser obrigatório nas
escolas. Mais do que a envolvente denúncia da banalização do
mal no Brasil, na qual policiais e bandidos se transformam
em animais e criminosos, o filme provoca uma reflexão sobre
a responsabilidade individual.

O inocente consumidor de maconha, sentindo-se conectado com
a natureza ou com a leveza espiritual, ou o alto executivo
que consome cocaína são apresentados também como sócios do
tráfico --e com razão.

É fácil apenas culpar o governo, a polícia, os traficantes,
e assim por diante. Mais difícil é nos culparmos --e, aí,
está um dos problemas brasileiros. A culpa é sempre dos
outros. Vejamos:

Muito mais do que as drogas, o que mais mata no Brasil é o
álcool, uma das causas das cem mortes diárias e mais de 100
mil feridos por ano no trânsito. Nem os publicitários nem os
veículos de comunicação que exibem os anúncios de cerveja,
com sedutores apelos, se sentem minimamente responsáveis por
essa tragédia. A culpa? Só do governo.

Um motoboy morre por dia apenas nas ruas da cidade de São
Paulo (e mais 25 por dia ficam feridos). Isso porque
contratam-se empresas irresponsáveis de entrega. Mesmo
sabendo que já existe um selo de qualidade para motofrete. A
culpa? Só do governo.

As pessoas emporcalham as ruas com lixo apenas porque não
têm paciência de jogá-lo em algum lugar apropriado. Madames
não se incomodam que seus cachorros façam das calçadas
banheiros. A culpa? Só do governo, que não limpa as ruas.

O governo sobe os impostos sem parar assim como contrata
novos funcionários públicos sem parar. Pouco se faz contra
essa extorsão. Nem mesmo sabemos como o orçamento é feito.
De quem é a culpa? Do governo.

Deputados, senadores, vereadores cometem crimes e fazem
negociatas, mas pouco acompanhamos seus mandatos. Durante a
campanha, preferimos o show do marketing à análise de
propostas. Até nos esquecemos em que votamos. De quem é a
culpa? Dos políticos.

Não quero deixar, claro, de responsabilizar os governos. Mas
apenas dizer que, num mundo civilizado, todos deveriam saber
não só quais são seus direitos mas também seus deveres. Isso
é o básico de cidadania, cuja discussão o filme, através da
droga e da violência, lança com alto teor pedagógico
--portanto, deveria ser obrigatório na escolas.

É um bom debate para que saiamos dessa adolescência da
cidadania, com muitos direitos e poucos deveres.

- Folha Online -

lundi, octobre 15, 2007

As Cores do Outono

No sabado passado fomos fazer um passeio a convite do pessoal da igreja que começamos a frequentar. Foi ótimo! Fomos ao Mont-Orford, onde pudemos apreciar uma linda vista das cores do outono! Estava um friozinho já.... mas a caminhada nos aqueceu bem! Depois do passeio fomos tomar um chocolate quente... essencial pra dar uma aquecidinha e bater um papo.

Na verdade já tinhamos ido lá na semana retrasada com o Benoit, Geneviève, Jean-Philiphe e Heloise, amigos queridos que sempre nos convidam pra passear. Bem, a nossa caminhada com eles foi um pouco mais dura do que a caminhada com o pessoal da igreja, mas foi igualmente boa. Ficamos num chalet delicioso e foi super bom! Conversamos muito a noite, jogamos e divertimos muito!

Se tiverem a oportunidade de virem pra Québec no outono, vcs vao amar a paisagem! Agora as cores do outono estao mais fortes do que da vez passada.... LINDO!
Achamos o pessoal da igreja muito simpático e penso que já temos bons novos amigos! Que bom!
Abraços
Pat


video

Abaixo você pode conferir as fotos com nossa viagem com o Benoit. Como a Pat disse, ficamos em um chalé bem agradável no topo de um monte. A vista era espetacular. O que eu achei interessante também foi o totó (pimbolim) daqui. No Brasil é futebol, aqui é Hoquei como vocês podem ver nas fotos. Cada um se adapta de acordo com sua cultura.

O friozinho já começou a apertar. No sábado passado quando fomos viajar com o pessoal da Igreja, a temperatura estava em torno de 3 graus. Já dá pra arrepiar os cabelos do braço. Da qui pra frente o termômetro desce em queda livre, mas ainda podemos aproveitar as temperaturas acima de 0 grau por uns bons 2 meses, o que por sinal é bem agradável.

Grande abraço e fiquem com Deus,
Rafael

vendredi, octobre 12, 2007

Quer dirigir em Montreal? O sistema Communauto

Estou dirigindo em Montreal. Eu mesmo, que a duas postagens atrás falei tao mal de ter um carro em Montreal, me encontro agora pilotando uma viatura. Bem, nao comprei um carro. Nao acho que seja uma boa idéia ter um carro por aqui, por todas as razoes que já citei ateriormente. Mas na semana passada me increvi no Communauto.

Oque é Communauto?

É um sistema aluguel de carro, que você pode alugar por 30 minutos até 31 dias. É muito interessante este sistema, porque te permite ter o carro pelo tempo que você precisar e pagar bem menos do que um aluguel tradicional.

Como funciona?

Existem vários estacionamentos espalhados por o toda a cidade. Tenho ao lado da minha casa dois destes estacionamentos. Faço uma reserva pela internet ou por telefone e pego o carro. Depois de utilizar, devolvo o carro no estacionamento em que peguei. É realmente bem simples. Na semana passada peguei um carro por um período de 7 horas e fomos passear em Laval.

Vale a pena?

Acredito que vale muito a pena. No dia a dia, para se deslocar aqui dentro da cidade, para ir trabalhar e estudar, eu pego o metrô, ônibus ou bicicleta. Mas para algumas ocasioes como fazer uma grande compra no supermercado, fazer uma viagem no fim de semana, ir à um lugar mais distante, ou em caso de alguma emergência que você precisar de carro, voilà, você pode utilizar os serviços do Communauto.

Quais as vantagens?

1- A primeira delas é que você sempre vai ter um carro em bom estado. Os carros sao estilo populares, mas bem arrumados.
2- Você vai ter o carro somente quando você realmente precisar.
3- Você nao tem que se preocupar com um monte de coisas que os que possuem um carro se preocupam, como pagar seguro, gasolina, levar pra consertar, trocar óleo, trocar pneus para o inverno etc.
4- Custa muito menos do que ter um carro ou alugar da maneira tradicional.
5- Gasolina e seguro estao incluido no valor da tarifa, o que difere do aluguel tradicinal que você tem que pagar a parte.
6- No Quebec, o Communauto está presente nao somente Montreal, mas também em Quebec, Sherbrooke e Gatineau.

Como se inscrever?

- 2 cópias da sua carteira de motorista

- Um relatório recente (máximo 3 meses) do seu dossier de sinistres automobiles
Para obtê-lo prencha o formulário (clique aqui), e envie-o para o endereço indicado. Leva uns 10 dias para receber a carta de volta.
Para saber mais informaçoes ligue:
De Montreal: 514.288.4321
De outros lugares: 1.877.288.4321
Site: http://www.infoassurance.ca/

- Um relatório recente (méaximo 3 meses) do seu dossier de conduite
Este documento você pode pedir pela internet. É bem simples. Cliqui no site abaixo e siga as instruçoes.
http://www.saaq.gouv.qc.ca/saaqclic/grandpublic/etatdossier/index.html
Você pode pedir também por telefone:
Montreal: 514.873.7620
Quebec: 418.643.7620
Outros lugares: 1.800.361.7620

- Uma foto pequena 3 x 3,5 cm

- Cheque. Nao aceitam dinhero nem cartao. O único modo de pagamento para se tornar membro é cheque.

- Depois de ter todos estes cocumentos em maos, basta ligar e marcar um rendez-vous.

Quanto custa tudo isso?

Para se tornar membro, tem que pagar uma taxa inicial de $500,00. Caro?? Também acho, porém estes $500,00 sao totalmente reembolsáveis quando você cancela sua sua assinatura.
Agora é hora de escolhar qual dos três planos se encaixa mais com sua realidade.
Segue abaixo a cópia exata dos preços descritas no site.

PLANO A

Le forfait A est prévu pour les personnes ayant fréquemment besoin d'un véhicule et roulant plus de 3500 km par année, au tarif de base de Communauto *.

- La cotisation annuelle est de 350 $ par année.
- Le tarif kilométrique est de 16 ¢ en tout temps.
- Tarif horaire à partir de 1,55 $ / h ou 18,60 $ / jour
Seuls les abonnés du forfait A peuvent bénéficier
du tarif « travail » (10 h de location pour 12,80 $, 40 km inclus).

PLANO B

Le forfait B est plus avantageux pour ceux qui prévoient rouler entre 1500 et 3500 km, au tarif de base de Communauto *.

- La cotisation annuelle est de 140 $ par année.
- Le tarif kilométrique est de 23 ¢ pour les premiers 100 km d'un trajet, et de 16 ¢ pour les km additionnels.
- Tarif horaire à partir de 1,55 $ / h ou 18,60 $ / jour

PLANO C

Le forfait C s'adresse aux utilisateurs occasionnels, prévoyant rouler moins de 1500 km annuellement, au tarif de base de Communauto *.

- La cotisation annuelle est de 35 $ par année.
- Le tarif kilométrique est de 29 ¢ pour les premiers 100 km d'un trajet, et de 19 ¢ pour les km additionnels.
- Tarif horaire à partir de 1,55 $ / h ou 18,60 $ / jour

Se tiverem outras dúvidas, dêem uma passadinha no site: http://www.communauto.com/


Bom passeio a todos,
Rafael

jeudi, octobre 11, 2007

Mes Aieux - Dégénérations

Nosso amigo Thiago me falou de uma música bem bacana que eu gostaria de compartilhar com vocês. Vale a pena escutar e para quem entende francês, segue a letra abaixo.

Abraços,
Rafael





Ton arrière-arrière-grand-père, il a défriché la terreTon arrière-grand-père, il a labouré la terreEt pis ton grand père a rentabilisé la terrePis ton père il l'a vendu pour devenir fonctionnaire

Et pis toé, mon p'tit gars, tu sais plus ce que tu vas faireDans ton p'tit trois-et-demi, ben trop cher, frette en hiverIl te vient des envies de devenir propriétaireEt tu rêves la nuit d'avoir ton petit lopin de terre

Ton arrière-arrière-grand-mère, elle a eue quatorze enfantsTon arrière-grand-mère en a eue quasiment autantEt pis ta grand-mère en a eue trois c'tait suffisantPis ta mère en voulais pas, toé t'étais un accident

Et pis toé, ma p'tite fille tu changes de partenaire tout l'tempsQuand tu fais des conneries, tu t'en sauves en avortantMais y'a des matins, tu te réveilles en pleurantQuand tu rêves la nuit d'une grande table entourée d'enfants

Ton arrière-arrière-grand-père a vécu la grosse misèreTon arrière-grand-père, il ramassait les cennes noiresEt pis ton grand père Miracle! est devenu millionnaireTon père en a hérité, il l'a tout mis dans ses REER

Et pis toé, p'tite jeunesse, tu dois ton cul au MinistèrePas moyen d'avoir un prêt dans une institution bancairePour calmer tes envies de hold-upper la caissièreTu lis des livres qui parlent de simplicité volontaire

Tes arrières-arrières-grands-parents, ils savaient comment fêterTes arrières-grands-parents, c'a swignait fort dans les veilléesPis tes grands-parents ont connu l'époque yéyéTes parents c'taient des discos, c'est là qu'ils se sont rencontrés

Et pis toé, mon ami, qu'est-ce que tu fais de ta soirée?Éteins-donc ta tivi, faut pas rester encabanéHeureusement que dans'vie, certaines choses refusent de changerEnfile tes plus beaux habits, car nous allons ce soir danser

samedi, octobre 06, 2007

Estudando Francês

Talvez um dos maiores investimentos que alguém pode fazer antes de chegar no Quebec é uma boa formação na língua francesa. Engana-se aquele que pensa que com um ou dois meses aqui já vai estar fluente na língua. Vejo algumas pessoas que estudam bastante até passarem na entrevista da província do Quebec, e uma vez que obtém o tao perseguido CSQ, param de estudar até chegarem aqui. Grande erro os que o fazem.

Apesar de todo o Canadá estar precisando de mão de obra qualificada, dificilmente as empresas vao contratar alguém que nao domine o idioma, seja ele inglês ou francês, ou os dois em muitos casos, a não ser que o trabalho não exija a fluência nas línguas, o que sao em muito dos casos sub-empregos.

Outra coisa que observo e que atrasa tanto o aprendizado da língua quanto a plena integração na sociedade, são Brasileiros que vem para o Quebec e só ficam no meio de Brasileiros. Claro que é muito bom conhecer alguns conterrâneos e ter contato com eles. Meu grande amigo aqui é o Lúcio. Já éramos amigos no Brasil e somos mais ainda aqui. Conheci outros Brasileiros fantásticos aqui também como o Luiz Leao por exemplo. Mas, na minha opinião, o perigo mora quando entramos de tal forma na comunidade Brasileira aqui do Canadá que toda nossa fonte de contato e amizades vem daí. O processo de aprendizado da língua se torna bem mais demorado. Não rara as vezes que vejo outros Brasileiros aqui a mais de 1 ou 2 anos e que ainda estão "capengando" no idioma. Deus nos abençoou com uns amigos Quebecois que são fantásticos, o Benoit e a Geneviève. Quase toda semana agente se encontra e faz alguma coisa juntos. Posso dizer que isso tem ajudado demais tanto o nosso francês quanto o nosso processo de adaptação.

É claro que não é fácil chegar e fazer amigos Quebecois como tínhamos nossos amigos de infância no Brasil, mas vale a pena conversar com eles, puxar papo no trabalho, na universidade etc. Eles são um povo muito aberto e com um grande coração.

Por isso, se eu puder dar um conselho para aqueles que estão vindo, este seria o conselho. Venham com o melhor francês que puderem. Estudem mesmo. Todo o tempo que vocês colocarem no francês será recompensado quando chegarem aqui. O fato de não se comunicar bem na língua local aumenta muito o sensação de solidão que muitos encontram quando chegam.

Quero compartilhar dois sites que nos foram indicados na Universidade de Montreal que são excelentes. Entrem nestes sites e estudem mesmo. Já usei os dois e são realmente fantásticos.

Voici le premier: http://www.lepointdufle.net/
L'autre c'est également très bon: http://www.ccdmd.qc.ca/

Para aqueles que já estao mais avançados e desejam realmente praticar o sotaque aqui do Quebec, eu aconselho o site do Tête à Claques. É engraçadíssimo, mais até acostumar com o sotaque super carregado e com as expressoes locais leva um tempinho. http://www.tetesaclaques.tv/

Grande abraço e bons estudos.
Rafael

lundi, octobre 01, 2007

Laval

Oi pessoal,

Tomo aqui a liberdade de postar um comentário que foi feito sobre Laval pelo Fabiano, talvez possa ajudar outras pessoas que queiram se estabelecer nesta regiao.

"Aí vão alguns uns comentários de Laval. Eu e minha esposa estamos morando por aqui.

Moramos próximos a estação de La Concorde que é muito organizada. O bairro que moramos por aqui é bastante agradável (Laval-de-Rapides), temos um parque aqui perto (Parq Cluny) e um centro comercial bem próximo.

A distância de Montreal para Laval é algo muito relativo. Se você trabalha na parte norte de Montreal, Laval é bem mais próximo que quem mora em Centre-Ville. A distância entre Laval e Montreal é apenas uma ponte de 500 metros, portanto não dá para perceber muito a distância, porém se você trabalha bem ao leste de Montreal e não tem metrô por aqueles lados, realmente Laval e qualquer bairro a oeste de Montreal fica longe.

Para mim é muito fácil se quero ir para centro, pego a linha laranja do metrô e em 15 minutos chego.Laval tem um ponto positivo quanto ao preço e ao que a cidade oferece. A cidade tem um aluguel barato, apartamentos mais novos e bem espaçosos. O comércio daqui é muito bom...

Temos o Le Centre Laval, Le Carrefour, Le Notre-Dame, que são enormes com boas opções de compra e com preços excepcionais. Quanto às escolas para as crianças ainda não tenho muito opinião formada... Gostaria de saber se alguém tem uma dica...."

Se alguém tiver outros comentários sobre Laval ou sobre outras regioes de Montreal, pode enviar que eu posto aqui no blog para que todos tenham acesso as informaçoes.

Grande abraço e obrigado pelas contribuiçoes,
Rafael
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...